jusbrasil.com.br
12 de Agosto de 2020
    Adicione tópicos

    Blitz educativa alerta sobre atropelamento de animais silvestres na estrada Boiadeira (PR)

    (Foto: Divulgação)

    Aconteceu na manhã desta terça-feira (15) uma blitz educativa na BR-487, conhecida como Estrada Boiadeira. O objetivo era de sensibilizar os motoristas sobre o atropelamento da fauna silvestre na rodovia. A ação ocorreu das 08 horas ao meio dia e foi feita em duas etapas.

    A primeira foi no trevo de saída de Campo Mourão, sentido Tuneiras do Oeste. A partir das 10 horas, a blitz foi realizada no km 130 (próximo a Tuneiras), onde está localizada a Reserva Biológica das Perobas, unidade de conservação federal que abriga diversos animais, alguns ameaçados de extinção.

    A ação foi promovida pelo projeto “Estrada Boiadeira – Sonho que se realiza” em parceria com a Reserva Biológica das Perobas e a Polícia Rodoviária Federal. O tema foi escolhido devido à pavimentação da BR-487 entre Tuneiras do Oeste e Campo Mourão. A rodovia passa ao lado da Rebio, ao longo de 8,5 km.

    Os motoristas foram abordados pela equipe que conversou sobre o assunto, entregou materiais informativos e também uma flanela de limpeza junto com um lixocar que facilitará também a coleta de lixo, evitando que os mesmo sejam jogados direto na estrada, pois além de prejudicar o meio ambiente pode atrair animais para a rodovia e causar acidentes.

    Sonho que se realiza

    Em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná (UFPR/ITTI) é responsável pelo projeto “Estrada Boiadeira – Sonho que se Realiza” no trecho da BR-487/PR, entre os municípios de Cruzeiro do Oeste e Tuneiras do Oeste (Lote 3) e Tuneiras do Oeste e o distrito de Nova Brasília (Lote 2). Além da supervisão e Gestão Ambiental da obra, o projeto conta com o PEA (Programa de Educação Ambiental), que promove atividades em Tuneiras do Oeste com os trabalhadores da obra e com a comunidade da área de influência do empreendimento. A iniciativa é uma medida mitigadora dos impactos ambientais causados pela pavimentação da rodovia, uma das exigências do licenciamento ambiental expedido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

    Fonte: Ilustrado

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)