jusbrasil.com.br
17 de Janeiro de 2019

Morador denuncia maus-tratos a animais em Santarém (PA)

Um morador de Santarém, no Pará registrou imagens de maus-tratos a animais nas ruas de cidade e as enviou até uma emissora de TV local.

O vídeo exibe um cavalo sendo puxado pelas ruas por uma pessoa dentro de um carro. Outras imagens mostram um cavalo com muitos machucados pelo corpo e na boca, onde há marcas provocadas pela peça utilizada para prendê-lo na carroça. Segundo o denunciante, que preferiu não ser identificado, o animal era usado para puxar uma carroça e não recebia nenhum cuidado do tutor.

De acordo com o coordenador da ONG Anjo dos Animais em Santarém, Elielson Rezende, essas cenas se repetem a cada dia e indignam a população. A entidade recebe em média 200 denúncias de maus-tratos a animais no município. Ele destaca que geralmente, os animais são vítimas dos próprios tutores. “É deplorável. A situação está bem complicada. Falta o poder público atuar um pouco mais. OS animais passam fome, sede e são agredidos”, enfatiza.

O órgão responsável por fazer o resgate desses animais é o Centro de Controle Zoonoses (CCZ). Ao ser apreendido, ele é levado ao CCZ onde recebe atendimento veterinário. O tutor tem até 72 horas para buscar o animal, caso contrário, ele é disponibilizado para adoção.

De acordo com coordenado do CCZ, João Alberto Coelho, se o tutor procurar o órgão dentro do prazo, poderá recuperar o animal pagando uma multa de R$ 30,00.

Uma Lei Federal (Lei de Crimes Ambientais - 9605/98) prevê maus-tratos como crime, e o indivíduo é sujeito a penalidades, podendo até ser preso.

Serviço

Qualquer ato de maus-tratos envolvendo animais pode ser denunciado a polícia por meio do telefone 190, ou diretamente ao CCZ pelo telefone 3524-3655. O órgão funciona de 8h às 17h e fica localizado na Avenida Moaçara, 735, bairro Floresta.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)