jusbrasil.com.br
21 de Outubro de 2019
    Adicione tópicos

    Governo sueco cria legislação contra prática de Zoofilia

    O governo da Suécia anunciou nesta quinta-feira (13) que passará a valer no país a partir de 2014 uma nova legislação que amplia a proibição da prática de zoofilia (estupro de animais). Até agora, era considerada ilegalidade apenas quando fosse constatado maus-tratos aos animais.

    De acordo com Eskil Erlandsson, ministro da Agricultura sueco, “não deve haver nenhuma dúvida de que a zoofilia é inaceitável”. A partir de 1º de janeiro, qualquer ato sexual com um animal será punido com uma multa e prisão, com pena que pode alcançar até 2 anos, mesmo em casos em que o animal não apresente sinais de maus-tratos

    O novo regulamento obedece regras publicadas pela União Europeia. Alemanha, Reino Unido, França e Suíça já adotaram legislação semelhante em dezembro passado.

    O porta-voz da Federação Sueca de Veterinários, Johan Beck-Friis, considera “muito boa” a modificação da legislação. “É muito importante que a sociedade estabeleça claramente que é inaceitável utilizar animais desta forma”, explica. Beck-Friis disse que os últimos dados estatísticos sobre crimes de zoofilia no país, que são de 2006, apontavam que cerca de cem denúncias foram encaminhadas para a Polícia sobre casos de animais com sinais evidentes de maus-tratos e suspeita de abuso sexual.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)